Bomba: ‘PT trouxe 50 mil haitianos para votar em Dilma Rousseff em 2014′

Vivandeiras, espécie não ameaçada de extinção – Foto Reinaldo Canato/UOL Mais

 

Se você acreditou no título com notícia falsa lá no alto do post, não está sozinho: de cada 100 participantes do protesto do domingo passado na avenida Paulista, 42 levaram a sério a informação delirante sobre a invasão do Brasil por cinco dezenas de milhares de haitianos.

Ninguém viu tanto haitiano por aqui em outubro, mas isso não impediu que os manifestantes pelo “fora, Dilma” achassem ser verdade que a presidente teve o reforço alienígena para conquistar novo mandato.

A pesquisa que constatou a credulidade no inexistente foi coordenada por Esther Solano, professora de Relações Internacionais da Unifesp, e pelo filósofo Pablo Ortellado, da USP. Entre outras questões, eles apresentavam frases para saber se os presentes as levavam a sério.

A notícia sobre o levantamento está na coluna de hoje da Mônica Bergamo.

É claro que a crença no absurdo está relacionada com a intolerância diante do que parece incrível, que outros não concordem com o que cada um pensa.

O mais impressionante é que os 42% retratam o surto de certas cabeças.

Sobre os outros 58%, aceitaram desfilar lado a lado com quem acredita na fantasia sobre os haitianos eleitores de Dilma.

/Mário Magalhães

Curta/Siga:

ACSMTV LOGO FACE

ACSMTV LOGO TWI

 

Anúncios

Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: